sexta-feira, 5 de março de 2010

Deborah Secco e casal Garotinho denunciados

Conhecida por sua atuação na TV e no cinema, a atriz Deborah Secco teve agora seu nome relacionado a supostas irregularidades contra o poder público do Rio de janeiro.

Ao lado de outras 85 pessoas e do casal Anthony Garotinho (PRB) e Rosinha Garotinho, (PMDB), ela foi denunciada pelo Ministério Público (MP) em inquérito que apura o desvio de cerca de R$ 58 milhões por meio de organizações não governamentais (ONGs) e empresas de fachada na época em que Garotinho e Rosinha governaram o Estado.

Deborah é filha de Ricardo Secco, que vinha sendo investigado pelas relações com a família Garotinho e é apontado como gerenciador de todo o esquema, tanto na contratação como no direcionamento de ONGs, e responsável por receber o dinheiro.

Na tarde de ontem, o Judiciário concedeu liminar para quebra de sigilo bancário e bloqueio dos bens dos 88 acusados pelo MP. Na denúncia, os promotores identificam uma conexão entre o dinheiro usado na pré-campanha do ex-governador à Presidência e verbas que saíram do governo do Estado. O MP também vê irregularidades na participação da atriz em propagandas oficiais do governo do Rio. A atriz se mostrou surpresa ao tomar conhecimento da denúncia e disse, através de sua assessoria de imprensa, que não vai se pronunciar porque não sabe do que se trata e não foi notificada sobre a acusação. Ainda segundo sua assessora, Deborah está tranquila porque nunca se envolveu com política.

Além da atriz, outras cinco pessoas da família de Ricardo Secco estariam envolvidas

Nenhum comentário:

Postar um comentário